29 dezembro, 2011

EXISTE UM CÃO IDEAL PARA CADA UM?

Não existe uma formula mágica



Pois dependendo do ambiente em que for criado ele terá reflexos na sua vida inteira .
Dependendo do tipo de educação tambem.
E o mais importante existe temperamentos muito diferentes de cães

Porem podemos tomar alguns cuidados na hora de escolhermos a raça,
do cão,para que esta estoria não comece com seus dias contados




Pois dependendo do ambiente em que for criado ele terá reflexos na sua vida inteira .
Dependendo do tipo de educação tambem.
E o mais importante existe temperamentos muito diferentes de cãe



Outra estoria uma mulher ela deseja um cão de porte pequeno, ou médio; que tenha pelo curto.
Então ela escolhe ter um Beagle. Pronto: seus problemas apenas começaram. Apesar de ser de porte pequeno, o pug é um cão de caça, que foi desenvolvido para correr grandes extensões de terra atrás da caça. Ele precisa de muita atividade, e sofrerá muito por ficar num apartamento o dia inteiro. Por conta desta inatividade, ele
irá procurar o que fazer...e encontrará...começará a roer a mobília; roubar comida da cozinha; roer o seu sapato novinho, etc. Mesmo que você o deixe restrito a uma área onde ele não possa destruir nada, ele jamais terá a quantidade de atividades suficiente para deixá-lo saciado.


Conclusão: ele será um cão tremendamente ansioso, agitado, e desobediente.



-Por que isto
acontece?


Porque as pessoas escolhem seus cães pela sua beleza, e não pelo temperamento, ou pela sua adequação à vida, e aos desejos, do futuro proprietaria. Não estou dizendo que devemos escolher um cão feio. Estou dizendo que quando resolvemos ter um cão, devemos tomar alguns cuidados, e o primeiro deles é saber escolher a raça.

O primeiro aspecto a ser avaliado é o tipo de ambiente que este cão terá:

Se ele poderá entrar em casa, ou não;
Se ele terá companhia o dia todo, ou precisará ficar sozinho durante muito tempo;
Qual o espaço que este cão terá para brincar, dormir, fazer xixi e cocô;

-Outro aspecto muito importante é que tipo de temperamento queremos deste cão:
Se o que queremos um cão esportista ou um mais bonachão;
Um cão independente, ou mais dependente;
Um cão de guarda, ou só de companhia;
Um cão que conviva bem com crianças, ou não;
Se você quer um cão para exposições e outras provas, ou um cão de estimação sem maiores pretensões.

As características Físicas desejadas também devem ser avaliadas:

Qual o tamanho ideal? mini(ou toy); pequeno; médio; grande; enorme;
Que tipo de pêlo? Curto; comprido; macio; áspero, etc;um peludinho,ou um magrinho
ou um mais fofinho.

Depois de ter todos estes elementos em mão, está na hora de pesquisar sobre as diversas raças caninas que existem.
Leia com atenção as matérias sobre cada raça; converse com veterinários e adestradores; não se esqueça dos criadores e dos proprietários. Cada um deles irá te dar uma visão diferente, mas que no geral poderão te dar uma boa base sobre cada raça.

Evite cair em certos mitos, muito difundidos, mas muitas vezes enganosos:

“Quero um cão pequeno para ter menos trabalho”.
Cães pequenos não dão um trabalho pequeno. Não é o tamanho do cão que irá fazer diferença. Cães dão trabalho sejam eles grandes ou pequenos. Todos precisam ser cuidados, alimentados, educados, medicados, etc. E se você procura um cão que não dê trabalho, ele só existe na versão pelúcia.

“Cães de pêlo curto dão menos trabalho, pois você não precisa
tosar”.
É verdade, e como você não tosa, o pêlo simplesmente cai. Ou seja, cães de pêlo curto darão mais trabalho pra você na hora da limpeza, pois estes pêlos, por serem muito finos, são levados com o vento e espalham-se na casa toda, especialmente em tapetes e sofás.

“Vou ter este cão porquê o meu filho PROMETEU que tomará conta dele, dará comida, limpará o xixi e o cocô dele, irá levá-lo ao veterinário, e



Não se iluda quem cuida do cachorrinho é a dona de casa

com carinho Canil Mini Company

24 dezembro, 2011

hoje eu vou contar uma estoria de meu amigo Ronald e seu cachorrinho todo preto













Meu amigo Ronald trabalhava em uma guarita..

Na sua hora de
almoço observava uns cães que aparecia por la e que havia
dois cães que eram muito amigos e apareciam por la
na hora das refeiçoes.


Com o tempo
observando melhor Ronald notou que um era mais ativo atravessava a avenida e levava seu
companheiro
do outro lado e voltava para ficar com ele. E tambem que rosnava para pessoas que não tinham um bom astral..

Depois de estarem

satisfeitos ficavam
brincando a tarde toda rolando na grama até
cansarem...
BEM,NEM PRECISO CONTAR QUE O CORÇAO DE RONALD JA ESTAVA COMPROMETIDO..


Ainda hoje Ronald e seu cachorrinho tido preto voltam à guarita e o cachorro vai buscar seu amigo atravessa a avenida e Ronald alimenta-o e deixa eles brincarem a vontade pois sabe que seu cachorro ama seu amigo e aonde esteja estará pensando nele.

assim como seu amigo tambem

Assim se constroi um trio amoroso o qual nunca vai acabar.

Apesar de ser muito amado o cachorrinho não se esqueceu do seu melhor amigo das hora e dias mais difíceis da sua vida .
.
E você é capaz de uma proeza dessa?
Feliz você, meu amigo RONALD.
com carinho Canil Mini Company